Raebe sobreviverá?

A cachorrinha da minha mãe morreu de velhice. Muito querida, ela.

Apareceu um gato na casa da minha mãe e ela adotou-o. Chama-o de Menelau –  mas minha mãe queria mesmo era uma cachorrinha.

Fui à Associação Protetora dos Animais e escolhi uma cachorrinha vira-lata de uns três meses. Nós todos nos apaixonamos por ela. Preta, sem um pingo de outra cor. Carinhosa, brincalhona, inteligente, afetuosa, com muita energia – era tudo o que minha mãe queria. Eu sou a madrinha, pois foi eu que a escolhi. Linda.

Há uns quatro dias começou a ficar mais quietinha (pois antes não parava nem um segundo). O estado foi piorando até que ontem minha mãe chamou o veterinário. Ele falou que ela está com broncopneumonia e suspeita de cinomose. A cinomose é uma virose que acomete os cães e é letal na maioria das vezes.

Fiquei muito triste. E, quando fico triste, é pra valer (certo, bipolares?). Comecei a fazer uma coisa ou outra mas não conseguia me concentrar. Passei a manhã na cama, pensando que iríamos ter que sacrificá-la.

Porém chegou outra notícia: um amigo meu, que havia lutado contra um câncer há alguns meses e tido alta, descobriu que o câncer voltou.

De repente a cinomose da Raebe ficou pequenininha, pequenininha. Se ela morrer, pelo menos vai ter conhecido o carinho humano nesta vida.

Mas o meu amigo… Meu Deus, que triste… Um cara jovem, super do bem, bonito, forte, inteligente, sempre alto astral, casado e pai de uma menina de cinco anos.

Pode morrer sossegadinha Raebe, o Universo quis assim.

Já a situação do meu amigo é muito mais cruel. Quem pode se conformar com uma coisa dessas?

Permaneci na cama até o começo da tarde, acabada, até que tive que levantar pois tinha compromissos.

Nesta hora percebo que meu equilíbrio é muito frágil. Fico imobilizada na cama.

A pergunta “Raebe sobreviverá?” perdeu quase toda a sua importância.

8 thoughts on “Raebe sobreviverá?”

  1. A RECIDIVA DE UM CÃNCER DE UMA PESSOA BOA , ASSIM COMO FOI, APÓS 19 ANOS DO MEU GURU ANTICÂNCER DAVID SERBAN SHCREIBER, QUE ESCREVEU O SEU ÚLTIMO LIVRO: MAIS UMA VEZ VOU DIZER ADEUS, E DISSE PELA ÚLTIMA VEZ, TAMBÉM ME ABALOU, EU QUE ESTOU HA 10 ANOS LIVRE DE UM ADENOCARCINOMA AGRESSIVO!!! SO ME RESTA ORAR PELO SEU AMIGO E PELA CACHORRINHA “RAEBE”, QUE DEUS OS TENHA EM CONTA!!!

  2. Sinto muito pela Raebe e pelo seu amigo! A história dos dois muito me sensibilizou! Amo os animais! E sei o sofrimento que a cinomose provoca. Para Deus a vida dos dois tem a mesma importância, o mesmo valor!Seu amigo tem muitas pessoas que certamente o ama!E imagino o tamanho de sua dor e sofrimento! A pergunta “Raebe sobreviverá?” para mim tem muita importância…que Deus abençoa os dois!!!

  3. Obrigada, Olávia. A possível morte da cachorrinha é importante mesmo… e muito triste… Logo ela, tão levada, tão carinhosa, brincalhona… Olha, nem posso pensar muito… Beijo, Amanda

  4. Tenho um namorado. É o amor da minha vida. Ele tem um casal de filhos e é separado. Quando tudo ia bem e iamos fazer aquela viagem, o filho dele foi diagnosticado com leucemia grave. Moço novo, tem dois filhos. A ex- mulher do meu namorado resolveu que quer voltar. Ela está acometida de esclerose múltipla e está cadeirante. Eu choro até. Eu tenho nojo da minha dor. Eu tenho nojo do meu choro.

  5. Querida Dory, por que o seu choro enoja você? Não consigo achar motivos para isso… O seu choro é legítimo, sofrido, sentido… Vem lá do fundo da sua alma…
    Você é tão magnífica que não provoca nojo nas pessoas de bom senso. Então, não se enoje de si mesma, não há razão para isso.

  6. Eu quis dizer que o meu problema é infinitamente insignificante perto do que você colocou aqui. Já perdi muitas cachorras prá morte e a cada vez morria com elas. Já tive amigos e ainda tenho que a doença chegou nem querendo saber das condições deles. Por isto tenho nojo do meu choro porque ele é nada. É verme que me impede de ver a dor do outro e consolar. Ou fazer algo. No momento desta minha resposta sei que Raebe se foi, que o famoso cachorro da internet-o Ninão também morreu, que seu amigo ainda está doente, que a irmã do meu namorado está em coma com um pulmão no câncer. … e você está inconsolável. Guarde a lembrança boa dela, ela cumpriu a missão. Deixar os dias de vocês mais alegres. E você a sua: resgatou-a. Fique bem Amanda. Saudade é o amor que fica. Bjus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.